Parece BOM mas NÃO É - Cris


Joinville foi bombardeada com a seguinte propaganda:

Direitos seus + Direitos meus = Direitos humanos

Tivemos em nossa cidade a semana da diversidade.

Concordo plenamente que os direitos das pessoas precisam ser respeitados. Que precisamos tratar a todos sem distinção de sexo, raça, classe social ou religião.

Concordo que cada um tem seu direito de fazer suas opções em todos os âmbitos. Afinal, foi o Criador quem escolheu nos dar o livre arbítrio. Mas a liberdade de escolha é um pacote e não tem como se deixar de fora o impacto que nossas escolhas podem causar nos outros.

Pedir que eles não exponham as suas opiniões é antes de tudo lutar por uma falsa liberdade, onde a minha liberdade de escolha limita o outro em sua liberdade de expressão.

Cresci ouvindo que meu direito acaba quando começa o direito do outro. Sendo assim, posso dar minha opinião e você pode fazer sua escolha.

Mas onde é o limite do meu direito e onde é o limite do seu?

Tudo está uma grande confusão, sabe por quê?

Estamos todos lutando por nossos direitos e esquecendo que os maiores direitos são do Criador sobre sua criatura.

Talvez você pergunte: mas onde Deus patenteou os direitos sobre sua criatura? Onde consta que eu fui criado por Ele?

Patentear é garantir que você é o criador e detém direitos sobre sua obra. Desde quando Ele precisa provar alguma coisa pra mim e pra você?

Sabe o que é decisivo?

Ele não precisa que seus direitos sobre nós sejam cumpridos para que Ele seja quem o é. Mas eu e você somos totalmente necessitados de que os direitos dele sobre nós sejam respeitados para que sejamos quem fomos criados para ser!

Uma boa verdade não precisa de defesa só precisa ser anunciada.

Vivemos numa sociedade e em dias onde parece ganhar quem gritar mais alto, quem oferecer mais votos para a próxima eleição. A minoria toma a forma da maioria.

Plagiando o grande Paulo Freire em A Pedagogia do Oprimido, cuidemos para que em nome de uma liberdade não tornemo-nos os opressores dos que nos oprimem. A verdadeira liberdade não se conquista em mudar de oprimido para opressor.

A verdadeira liberdade consiste em considerar o outro superior a si mesmo e lembrar diariamente dos direitos de seu Criador.

Cristiano Caracek

2 comentários:

Ursinha :) disse...

cadê o estudo do GP do ultimo sabado??

Bruno Vinícius disse...

ótimo! Gostei Cris!
De verdade!
Algumas pessoas não querem falar sobre isso - de direitos e deveres -, alegando que é um assunto muito delicado. Mas a manteiga também é nem por isso deixamos nos lá de metermos nossa colher (ou faca) nessa sopa (mateiga)

Opinião sempre é bem vinda. Quando vem de Deus então é ótima!
Eu me vou. Mas continue escrevendo aqui Cris!
E bom apetite!

(Suuuuu beijo) Nóis!

: )